quarta-feira, 13 de abril de 2016

Abhyanga:.Carinho e afeto




Abhyanga: O carro chefe do meu trabalho, minha paixão heart emoticon o carro chefe do meu trabalho, min

Ao pensarmos em tratamento ayurvédico, logo vem a mente uma massagem com muito óleo - muito mais óleo do que em uma massagem tradicional, e o conceito de abhyanga é exatamente este: olear, espalhar óleo, untar. A abhyanga é uma terapia de snehana (oleação) que pode ser traduzida por óleo, mas também por carinho e afeto. É a massagem mais usada nos tratamentos ayurvédicos, sendo base para todas as outras e realizada quase sempre antes de outras modalilades. A abhyanga é uma oleação feita com óleo morno escolhido de acordo com o dosha do paciente, sendo que o tempo, o ritmo e a pressão também seguem este conceito. Durante o tratamento todos os pontos marma são manipulados com a função de mobilizar toxinas para que elas sejam eliminadas e leves alongamentos são realizados com a mesma função. 
O Ayurveda tem uma abordagem diferente da massoterapia que, utiliza as manobras principalmente com fins de relaxamento muscular e emocional. A massagem é a principal ferramenta terapêutica nos tratamentos ayurvédicos pois é através dela que as toxinas são mobilizadas pelo organismo e o maior órgão do corpo humano, a pele, é utilizado como via de absorção das ervas medicinais contidas nos óleos preparados. 
Funções da abhyanga:
1. absorção de óleo medicado via cutâneo
2. mobilização de toxinas (ama): para o Ayurveda, as toxinas se manifestam através de ama, uma substância tóxica e pegajosa que gruda nos tecidos do corpo como uma massinha. Para remover ama do corpo deve-se fazer com que ela retorne para seu local de origem - o sistema digestivo, para que possa ser digerida e eliminada do corpo. Neste caso, o óleo e os movimentos da massagem é que fazem com que as toxinas desgrudem dos tecidos.
3. Ativar pontos de energia parada estimulando os pontos Marmas.
4. Desbloquear os srotas (canais físicos) e os nadis (canais sutis).

Indicações do abhyanga:
1. Como Purva Karma - preparação do Panchakarma (cinco processos de desintoxicação profunda que tem o objetivo de eliminar o dosha em excesso que está causando doença).
2. Como terapia de Shamana ou pacificação do dosha desequilibrado.
3. Como terapia de tonificação e rejuvenecimento – rasayana. Assim como as massagens sistêmicas, a abhyanga promove uma maior oxigenação dos tecidos do corpo. Para o Ayurveda, prana, a energia vital é carregada pelo oxigênio em nossa corrente sanguínea e a abhyanga aumenta a concentração desta energia vital no corpo.
4. Como terapia anti-vata ou para reduzir o dosha Vata 

Contra indicações:
1. Febre – para o Ayurveda, a febre consiste em ama não digerida, a massagem neste caso pode piorar os sintomas pois espalha ainda mais as toxinas pelo corpo.
2. Excesso de Ama – observe se a língua apresenta saburra branca e espessa, neste caso é melhor ingerir ervas que eliminem este excesso antes de começar o tratamento. Três dias tomando trikatu devem ser o suficiente.
3. Diarréia
4. Indigestão, intoxicação alimentar e logo após refeição
5. menstruação

A abhyanga é uma prática execente para todos os doshas, mas é diferente para cada um: um abhyanga para vata deve ser lento, com toque e manobras firmes e óleo em abundância de qualidade quente; pitta requer um óleo frio como o de côco, um toque constante e ritmo moderado. A abhyanga em Kapha deve ser com manobras vigorosas e profundas, com pouco óleo e rápida.

O mundo do Yoga e dos Deuses:. Livros para crianças

Um universo muito rico para as crianças e que eu incentivo muito aqui em casa, é o mundo dos livros e da leitura. O Theo meu filho fala que o que ele mais ama na vida é brincar e "ler" livros. E alguns dos que ele mais gosta são os que falam sobre a Índia, Deuses e Yoga. Já existe muita coisa boa em português e alguns que achei somente em inglês. Mas como ele ainda não lê e eu que traduzo e conto as histórias para ele, não faz muita diferença. 

Esse mundo da mitologia indiana é muito rico e cheio de ensinamentos para os pequenos. 

Aqui eu coloco os meus preferidos.


Esse livrinho é muito lindo. Conta a história de Ganesha de uma forma bem lúdica e amorosa. E tem também uma aula de Yoga com o nosso querido deus elefantino e um cd com as histórias do livro contadas pelo querido professor e autor João Soares. 


As 14 pérolas da Índia reune 14 contos encantadores e que contém muitos ensinamentos preciosos. E as ilustrações são muito lindas. Indico para todos os adultos :) e crianças a partir de 4 anos ou mais.


Da mesma série do Ilan Brenman que conta histórias sobre a filosofia budista. Budismo para as crianças,  ah isso enche meu coração. E como diz o autor: à inquietude e curiosidade das crianças que buscam incessantemente o sentido da vida. Leitura a partir dos 4 anos.



Esse é um favorito aqui em casa. Escrito pelo talentoso indiano Sanjay Patel e com ilustrações incríveis , conta a historia de como Ganesha quebrou sua presa e porque ele gosta tanto de doces :)


Ah esse é o favorito do Theo (e o meu também). Escrito pelo mesmo Sanjay Patel de uma forma muito instrutiva e lúdica, consegue contar a história de todas as divindades da Índia. Ganesha, Krishna, Hanuman, Durga além dos deuses dos planetas como Surya e Chandra e muito mais. Simplesmente imperdível! (somente em inglês)


Para quem quer ensinar os valores do Yoga, os Yamas e Niyamas, os ásanas, dicas de respiração e meditação esse é o livro indicado. Da minha querida professora e amiga, Marcia De Luca. Um pequeno tesouro na biblioteca dos pequenos.


Esses dois eu ganhei de uma querida amiga. Ela comprou num bazar e veio diretamente da Índia :) Explica quem são Krishna e Ganesha e o que eles mais gostam de fazer. 


Com muita criatividade, o autor João Soares conduz uma aula de yoga com todos os bichos da floresta. Muito lindo! E no final ainda tem uma cantoria de mantras com toda a bicharada.


Que todos os pequenos seres de luz se inspirem com essa maravilhosa sabedoria milenar.
Namastê!