segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Contos da India:. Somente para Amantes da Música


"Aconteceu em Lucknow, nos tempos de Vajid Ali Sha. Ele era o rei de Lucknow e um grande amante da música. Tinha o costume de convidar os dançarinos, cantores e músicos à sua corte. Porém, havia um músico que sempre se recusava a ir à corte. Um dia, Vajid Ali Sha foi pessoalmente pedir a ele para que tocasse em seu palácio.

O músico lhe disse:

- Irei, mas com uma condição: quando estiver tocando e cantando, ninguém poderá mexer a cabeça. Se alguém o fizer, deverá ser decapitado.

Vajid Ali Sha informou toda a cidade de Lucknow:

- Aqueles que quiserem vir devem saber que é perigoso. Os soldados estarão atrás de cada comensal, com as espadas na mão, prontos para decapitar o primeiro que mexer a cabeça.
Naquela época, Lucknow tinha mais ou menos dez mil amantes da música, porém, só cinquenta apareceram no concerto. Era perigoso! Podia-se mexer a cabeça por causa de um mosquito ou esquecer-se do aviso, pois o músico era muito genial... as cinquenta pessoas ali presentes eram todas amantes da música. Elas estavam arriscando suas vidas.

O músico começou a tocar e era tão genial que, em quinze minutos, algumas cabeças começaram a se mexer. Vajid Ali Sha ficou muito nervoso porque não era só uma cabeça, mas várias e logo outras se juntaram e finalmente todas. Estava muito preocupado porque havia feito uma promessa.
Quando o músico terminou a primeira parte, Vajid Ali Sha lhe perguntou:
-Mando cortar as cabeças? Estou disposto a cumprir com a minha palavra.
O músico deu uma grande gargalhada.

-Não se preocupe. Impus essa condição para que só os verdadeiros amantes da música viessem. Por favor, retire todos os soldados. Agora que todas as cabeças se mexeram continuarei a tocar. Este é o público que esperei durante toda a minha vida. Estas são as pessoas que se esqueceram de si mesmas, que se esqueceram inclusive que corriam o risco de morrer."

"Aproveite cada momento, como se fosse o último. 
Aproveite a vida em sua totalidade. 
Aproveite tudo e cada coisa até o ponto em que se esqueça de si mesmo."

Um comentário:

Marcia disse...

Aconteceu em Lucknow, nos tempos de Vajid Ali Sha...
Obrigada por compartilhar essa pérola de conto.
Para mim, amante de música e que esqueço de tudo é imensamente saber que não estou sozinha.
Namastê