sexta-feira, 29 de abril de 2011

Inspiração:.Arte de Viver



Meses atrás, uma amiga me falou maravilhas de um mestre indiano e como o seu programa de respiração tinha mudado a sua vida. Eu já tinha ouvido falar dele e de seu método, mas na época estava fazendo outros cursos e resolvi deixar para uma outra hora. Mas uma sementinha luminosa de vontade ficou plantada dentro de mim, junto com uma sensação muito boa. Essa semana reencontrei aquela amiga por acaso e outra pessoa veio me convidar a fazer o tal curso. Acho que chegou a hora de fazer. Já fiz muitos e muitos cursos, de Yoga, Ayurveda, Vedanta, Budismo, Tantra e etc...e já estive com vários mestres, gurus, Swamis e Lamas...
mas algo me diz que isso vai me transformar.... 
e minha intuição não costuma falhar...

Sri Sri Ravi Shankar é um líder humanitário e espiritual internacional, fundador da Arte de Viver e da Associação Internacional para os Valores Humanos (IAHV), cujos trabalhos têm escrito um novo capítulo da história da humanidade, ao atingir mais de 20 milhões de pessoas em todo o mundo. Sua vida é dedicada a restaurar os valores humanos, eliminar o estresse e a violência da sociedade, através do fortalecimento do indivíduo.

Em 1982, Sri Sri começou a ensinar o Sudarshan Kriya, técnica de respiração comprovadamente efetiva para eliminar o estresse e proporcionar grande equilíbrio e bem-estar. Hoje, essa técnica é ensinada em mais de 150 países como parte dos Programas da Fundação Arte de Viver.
No mesmo ano, criou a Fundação Arte de Viver, organização internacional de cunho educacional, social e humanitário que atua como consultora das Nações Unidas. Seus projetos sociais, programas de eliminação do estresse, autodesenvolvimento, yoga e meditação já possibilitaram milhões de pessoas das mais diferentes culturas, origens e tradições a terem uma vida com mais qualidade, saúde e bem-estar.


Vou participar do curso Arte de Viver em maio e estou muito animada.
Depois conto as minhas experiências aqui no blog.

Harih Om!
Namastê!

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Inspiração:.Sânscrito



 Hoje comecei um curso de sânscrito, essa maravilhosa língua milenar e sagrada. 
Estou muito animada, aprender coisas novas faz o cérebro da gente pular em festa! 
Inspirada pelo dia de hoje, deixo para vocês um texto incrível 
do meu professor do curso, João C. B. Gonçalves. 
Não deixe de entrar no site/blog dele. 
Muitos textos e matérias interessantes.

Om Namah Shivaya!

 ***

O Corpo Tântrico

Existe, em cada expressão da vida, a totalidade do universo. Para existir uma partícula, é necessário existir o todo. E o todo, não existe sem a partícula. Tudo o que existe é emanação da consciência divina. Quanto maior a expressão da vida, mais abrangente a consciência que ali repousa. Os corpos humanos são universos infinitos, sua magnitude se compara à das galaxias. A consciência que neles repousa é também da proporção de uma galáxia, ainda que só perceba naturalmente um infinitésimo de sua grandiosidade. Revelar o quão infinito é o corpo faz com que a consciência assuma sua identidade mais elevada, que é luz infinita. A luz da consciência divina emana como um fluxo permanente, que nasce a partir de si mesma. Seu corpo e sua morada são o universo, em sua espacialidade transcendente. Quando o indivíduo assume que seu corpo é um processo, que está muito além de um objeto estanque delimitado pela pele, surgem outras identificações. Ele se identifica com a consciência divina, que é a origem de onde emana sua consciência individual. Seu corpo passa a ser o universo e sua consciência transforma-se em presença, em permanente estado de despertar.
 

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Celebrate!

 
Passamos por dias de renovação e renascimento.
Dias férteis e cheios de novas possibilidades.
Um novo ciclo se inicia.

Dance, cante, celebre!
Abra o coração e conecte-se com a energia e o poder da natureza.

Pratique a entrega.
Pratique a devoção.
Pratique a união.

Ilumine-se!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Bollywood Dream



Finalmente estréia o filme Bollywood Dream, 
sobre três brasileiras que vão tentar a sorte na India. 
Veja aqui um post antigo do blog sobre esse filme.
Dia 29 de abril nos cinemas.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Inspiration:.Every Mother Counts

 
Que trabalho maravilhoso. 

Muitas mulheres não tem a ajuda necessária na hora do parto e muitas morrem, 
perdem seus bebês ou desenvolvem lesões gravíssimas por ficarem horas em trabalho de parto 
sem a assistência de uma parteira ou médico. 
A ex modelo americana Christy Turlington, sempre se interessou por trabalhos sociais, 
 virou uma ativista pela saúde da mulher e criou o projeto Every Mother Counts. 
No seu primeiro documentário, "No Woman, No Cry" ela mostra a triste realidade 
de milhares de mulheres em países pouco desenvolvidos. 

Veja o trailer do filme aqui
Saiba como ajudar no site. 

Que todas as mulheres possam vivenciar o parto como ele deveria ser:
de uma forma saudável, feliz e transformadora.


quinta-feira, 14 de abril de 2011

My Peace Vow no Brasil:.Mother Maya




Sou muito suspeita para falar dessa grande mestra, para mim um exemplo de vida. 
A indiana Maya Tiwari ou Mother Maya já publicou inúmeros livros sobre Ayurveda. 
No livro Caminho da Prática (meu favorito) ela conta como se curou de um câncer 
vivenciando essa medicina milenar poderosa.

E agora essa mulher extraordinária vem ao Brasil com seu programa 
Realmente imperdível! 

Em agosto de 2011 ela visitará Santa Catarina, São Paulo no Yoga pela Paz, 
Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

Imperdível!

Read These Words & Be Inspired!





















All inspirations from here.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Swami Satsangi no Brasil



Vale muito a pena! 

Oportunidade maravilhosa de se aprofundar na prática de meditação 
e ouvir ensinamentos de uma grande mestra.

Mais informações clique aqui e aqui.

Namastê!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Pensamento do dia

 
"Recognize that you have the courage within you to fulfill the purpose of your birth. 
Summon forth the power of your inner courage and live the life of your dreams. "
 
~ Gurumayi Chidvilasananda

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Jai Ma!

Reverenciando a Deusa em todas as suas formas.
Que a luz divina de Shakti penetre em todo o nosso ser.
Que possamos nos conectar com o poder feminino, 
maternal, acolhedor, belo, sábio e guerreiro dessas divindades.

Conecte-se com a SUA deusa INTERIOR.




Jai Ma!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Inspiração do dia

 A minha inspiração hoje vem desse ótimo blog, repleto de trechos de livros sobre a filosofia budista.  
Vale a pena dar uma olhada, são inúmeros textos inspiradores...


Como seres humanos, somos profundamente inseguros e não sabemos quem realmente somos. Claro que esse problema não se mostra no nível superficial de nossas vidas. Estamos constantemente dizendo a nós mesmos quem somos, baseados nessa ideia de que estamos separados de tudo mais. Essa sensação de “eu sou separado” é a base do nosso senso de “eu”. Isso é reforçado pelas diversas identidades falsas às quais nos apegamos, noções como “eu sou isso” ou “eu sou aquilo”. Quaisquer crenças que tenhamos sobre nós mesmos são apenas extensões desse tema.
Na maioria das vezes em que olhamos em volta, imediatamente vemos que nosso ambiente valida essas falsas identidades. Por isso, é um esforço desafiador desconstruir essa ilusão do eu. Sempre que olhamos no espelho podemos ter algum pensamento sobre nós mesmos. Cada um desses pensamentos aumenta o efeito. Eles se tornam os tijolos conceituais que usamos para continuar construindo o castelo ilusório do eu.
No entanto, há a suspeita de que essa noção do eu pode ser muito frágil e transitória; esse pensamento fica silenciosamente se esgueirando em algum lugar de nossa mente. Na maioria das vezes, essa suspeita não é trazida à luz da consciência, mas se for, uma sabedoria interior profunda surgirá certamente.
Nossa suspeita sobre a fragilidade dessa falsa noção do eu pode ir em duas direções. Em geral, ela se torna a fonte do medo, ansiedade e insegurança. Frequentemente vemos pessoas temerosas e excessivamente defensivas no que se refere às suas próprias identidades. Nós mesmos temos a tendência de nos amedrontar caso nossa identidade seja ameaçada. Mas em outras vezes a suspeita pode ir em outra direção. Quando isso acontece, pode acontecer uma revelação de mudar a vida, que nos leva para a realização do nível mais elevado da verdade.
Essa ideia não é nenhuma nova super-teoria. Trata-se de uma sabedoria imemorial que já foi realizada por muitas pessoas na história humana. O Buda ensinou essa sabedoria, e em sua tradição isso é chamado de “anatman” ou “não-eu”. Esse é o termo usado para indicar que uma pessoa desnudou essa falsa noção do eu. Ela percebeu que essa sensação é apenas uma identificação com os papéis representados na vida. É apenas uma máscara, não a verdade.

terça-feira, 5 de abril de 2011

A Beautiful Day




Passei um dia inteiro no Kopan Monastery em Kathmandu no Nepal. 
Tive a maravilhosa oportunidade de ter aula sobre o Dharma de Buddha 
e meditação com a monja sueca Ani Karin

Pude observar como é a vida lá dentro, 
pude me inspirar com a paz daquele lugar, 
com as mensagens espalhadas pelos muros... 

Gratidão sem fim por ter tido esses momentos. 

Quem estiver programando uma viagem ao Nepal, 
não deixe de passar por lá para uma visita, ou para um retiro

Om Mani Padme Hum!!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Voltando aos poucos...


 Foram dias mágicos, intensos, transformadores, inspiradores... 
muita gratidão, reflexão e conexão...

Por isso volto aos poucos para essa vida corrida que a gente leva por aqui... 
Trago a presença em cada ato, em cada gesto e a importância de aquietar-se.

A Índia é uma explosão em todos os sentidos.. 
abriu meu coração, me emocionou, me deixou à flor da pele.

O Nepal é a paz inerente a todo ser humano... 
penetrou em meus póros como partículas de luz, como um sopro suave.

Gratidão sem fim! 
Conexão com o divino em todas as suas formas.
 
Namastê!!