quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Sankalpa:.Abrindo Caminhos para 2011


O ano de 2010 está quase no fim. Para mim foi um ano de muitas descobertas, de muitos presentes do Universo, de muita luz. Então eu agradeço. Mas deveríamos agradecer por tudo, por cada momento, por cada respiração, por cada sensação. Mesmo os momentos ruins, são extremamente importantes, nos transformam, nos fazem crescer internamente. Então eu agradeço.

E é com muita gratidão, que eu me volto para dentro do meu silêncio e faço o meu Sankalpa, as minhas intenções para o novo ano. As minhas intenções para com o outro, para comigo mesma, para com a natureza. Resoluções positivas, que abrem os caminhos e permanecem comigo por todos os dias de 2011.

Encontre um momento para colocar as suas intenções para o Universo, para o seu universo interior.
E agradeça, agradeça, agradeça.

Que todos os seres sejam felizes.
Que todos os seres encontrem a paz.
Que todos os seres tenham saúde.
Que todos os seres possam viver no amor.

Om Shanti Om!

Abaixo uma explicação sobre Sankalpa, por Pedro Kupfer.

A palavra sankalpa significa "construção mental", mas pode traduzir-se corretamente como "resolução interior". O sankalpa é uma fôrmula breve, clara e carregada de significado, que tem como objetivo principal potencializar os aspectos mais positivos da personalidade.

Deve manter-se o mesmo sankalpa de dez a quinze vezes seguidas, durante a prática de meditação ou relaxamento, e deve ser repetida pelo menos três vezes ao iniciar e três ao finalizar a prática.

Devem ser poucas palavras, e sempre as mesmas, para fixá-las no pensamento: uma frase curta, do gênero "tudo está perfeitamente bem agora" ou "me aceito exatamente como sou".

A resolução interior deve ser sempre afirmativa. Por exemplo, é infinitamente melhor repetir mentalmente "estou saudável" ao invés de "não estou doente".

1. focalize a força de vontade.
2. separe o essencial do supérfluo.
3. trabalhe nos níveis inconsciente, subconsciente e consciente.
4. repita seu sankalpa em estado de relaxamento profundo.
5. lembre que, quem cria sua realidade, é você mesmo.
6. evite quaiquer conflitos com suas afirmações interiores.
7. busque a causa mais profunda ao construir sua resolução interior.
8. o sankalpa deve ser curto, claro e simples.
9. faça sempre afirmações positivas.
10. conjugue sua resolução nos três tempos (passado, presente, futuro)
11. conjugue sua resolução nas três pessoas do singular (eu, tu, ele).
12. escreva sua resolução e cole na porta da geladeira, no espelho do banheiro e perto do computador.
13. associe uma visualização a seu sankalpa.
14. nunca tente reprimir emoções negativas que possam surgir.
15. tenha cuidado com o que você pede, pois você pode conseguir! 

*O blog entra de férias hoje e fica em silêncio até dia 10 de janeiro.


Nenhum comentário: