segunda-feira, 17 de maio de 2010

Inspiração:.Tarthang Tulku


Já faz algum tempo que ando com vontade de aprender mais sobre Budismo. Como estudante das tradições védicas, tenho bem pouco conhecimento sobre esse caminho. Mas não havia encontrado ainda um livro ou autor que realmente falasse ao meu coração. Foi através do ótimo blog da Carline, que é professora de Iyengar Yoga e adepta do Budismo que descobri esse Lama Tibetano, Tarthang Tulku e suas obras, mais precisamente o livro mais famoso dele chamado "Gestos de Equilíbrio".

Um livro para ter sempre por perto.
Daqueles que viram livro de cabeceira.
Acredito que seja o início de uma nova e deliciosa descoberta em minha vida.

E para vocês eu deixo uma pequena história que ele conta neste livro tão especial.

Era uma vez um rei de macacos que abaixou a vista para as paredes de um desfiladeiro e viu a lua brilhante refletida na água, lá embaixo. "Oh, que linda jóia - preciso tê-la!" pensou. Quando contou o caso aos outros macacos, todos disseram que seria muito difícil alcançá-la; mas o rei dos macacos insistiu: "Tenho uma idéia:um dos macacos ficará agarrado a uma árvore e todos os demais formarão uma linha, cada qual segurando com firmeza o rabo do macaco à sua frente. Depois poderemos abaixar essa cadeia de macacos até a água e o último poderá alcançar a jóia." Assim, quinhentos macacos ficaram pendurados, um atrás do outro, até chegar à água, mas o peso de todos eles foi o excessivo para o que estava agarrado à árvore, e os quinhentos macacos caíram dentro d'água e morreram afogados.

Nossa mente, não raro, é como o macaco - quando não refletimos cuidadosamente, com antecedência, em nossas ações, não podemos ver com clareza as consequências, e nossas fantasias, sonhos e ambições egoístas nos causam dificuldades. Quando nossas ações são realizadas às cegas, sem nenhuma direção prática ou lógica, podemos nos ver enlatados em situações ainda mais enredantes do que as circunstâncias presentes.

6 comentários:

claudia candelot disse...

Simplesmente adorei a dica!
beijocão pra você e ótima semana...

Marlei Caroli disse...

Precisa conhecer THICH NHAT HANH, temos um retiro com ele no monastério do sul da França.

E aqui, pertinho, temos o Lama Padma Santem, om om om, ele é tudo tudo de Ommmmm!

Maria Clara disse...

Thartang Tulku é um excelente mestre e divulgador do budismo tibetano. Por morar nos EUA a muito tempo, ele consegue se aproximar do pensamento ocidental sem perder a essência do budismo. E Gestos de Equilíbrio é meu livro preferido dele! Lindo e delicado...

Flor Baez disse...

Que coincidência!
Nunca tinha ouvido falar dele até semana passada! E meu amigo me trouxe um exemplar deste livro. Deve ser até de outra edição porque a minha capa é amarela...

Seu blog é lindo demais!

Reinventando a Vida disse...

Esse livro me foi emprestado por um amigo e está comigo desde 2006. Estranhamente apenas há 2 dias o peguei para ler. Para mim ele tem vida própria e chega a nós quando mais precisammos dos seus ensinamentos. Foi assim comigo. Vou presentear meu filho com um exemplar, embora saiba que ele não está preparado, ainda. Mas, no momento certo ele estará lá ao alcançe da mão.

Jader Mendes disse...

Muito lindo esse livro! Comecei ler a poucos dias,estou maravilhado com ele. Sou aluno do Lama Padma Samten. Aqueles que quiserem mais informações sobre o budismo ou quiserem participar de um grupo de estudos. Entrem em contato! Serão Bem-Vindos! Abraçoss!!