quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Arunachala


Comentei com um amigo meu, que é astrólogo védico sobre a energia sagrada da Chapada Diamantina e ele me disse como é importante visitar tais lugares para a retomada de energia e prana e também para a neutralização de karmas. Existem muitos e muitos lugares sagrados no Brasil e no mundo. Mas o lugar que eu mais tenho vontade de conhecer é o Arunachala, monte sagrado localizado em Thiruvannamalai, Tamil Nadu na Índia. Ramana Maharshi viveu por lá muitos anos e uma história muito linda é contada por Arthur Osborne na biografia " Ramana Maharshi e o Caminho do Auto Conhecimento". Este livro é muito antigo e acredito que a edição em português parou de ser editada há muito tempo. Por isso compartilho aqui com vocês essa história tão rica.

" O Arunachala é um dos mais antigos e sagrados de todos os locais sacros da Índia. Sri Ramana Maharshi declarou que se trata do coração da Terra, do centro espiritual do mundo. Sri Shankara chamou-o de Monte Meru. O Purana Skanda diz: - Aquele é o sítio sagrado. Entre todos, o Arunchala é o mais sagrado. É o coração do mundo. Saibam que é a sacra e secreta sede do coração de Shiva.

Muitos santos ali viveram, diz-se e Sri Ramana confirma, que até hoje Siddhas (sábios dotados de poderes sobrenaturais) habitam muitas das suas grutas, seja com seus corpos físicos ou não, e há quem os tenha visto pela noite vagando pelo monte sob a forma de luzes.

O Puranas fornece uma história sobre a origem do monte.
Certa vez Vishnu e Brahma entraram em luta para saber qual dos dois era o maior. A briga entre eles pôs a Terra em caos, de modo que os Devas se aproximaram de Shiva e lhe rogaram que a pendência fosse resolvida. Shiva manifestou-se então como uma coluna de luz da qual saiu uma voz declarando que aquele que fosse capaz de encontrar-lhe as extremidades superior e inferior era o maior. Vishnu tomou a forma de um javali e escavou a terra em procura da base, ao passo que Brahma tomou a forma de um cisne e voou para as alturas em procura do cume. Vishnu não conseguiu atingir a base da coluna mas - começando a perceber dentro de si a Luz Suprema que mora no coração de todos, perdeu-se em meditações, esquecido do seu corpo físico e sem mesmo dar-se conta da própria existência. Brahma viu uma flor de uma árvore da montanha caindo do alto e, projetando ganhar através de um ardil, apanhou-a e declarou tê-la colhido no cume.

Vishnu reconheceu seu fracasso e dirigiu-se ao Senhor, rezando e louvando-o: - Vós sois o Autoconhecimento. Vós sois OM. Vós sois o começo, o meio e o fim de todas as coisas. Vós sois tudo e iluminais tudo.


Vishnu foi declarado grande, ao passo que Brahma foi humilhado e reconheceu seu erro.

Nesta fábula Vishnu representa o ego ou individualidade e Brahma a mentalidade, enquanto Shiva é Atma, o Espírito.


Diz ainda a história que por ser a coluna de luz demasiado deslumbrante a vista, Shiva manifestou-se então na forma do monte Arunachala, dizendo: - Assim como a lua recebe do sol a sua luz, assim também os demais locais sagrados receberão sua santidade do Arunachala. Este é o único lugar em que assumi esta forma em benefício dos que desejam adorar-me e obter iluminação. O Arunachala é propriamente OM. Aparecerei no cume deste monte todos os anos no Kartikai, sob a forma de um farol apaziguador.


A passagem refere-se não apenas`a santidade do Arunachala propriamente dito mas também `a importância da doutrina do Advaita e da senda da Auto-investigação das quais o Arunachala é o centro. Pode-se compreender o significado disto através das palavras de Sri Ramana: - Em última instância todos terão de vir ao Arunachala".


* Imagem: Rachel Movitz

3 comentários:

zzz... disse...

sir, I read this article with Google Translate. And I am reminded of an article I read sometime back. The link to the article is this: http://arunachalaheart.blogspot.com/2009/07/antipode-of-arunachala.html

Apparently Ramana Maharshi held that Arunachala is a pole of a possibly spiritual axis that went through Earth, and remarked that the other end of Arunachala is as holy, and will be located as a hill somewhere in South America. He even took a map and tried to locate the island.

The post tries to find where it is.

May be you find this interesting?

Regards,

Baskar

crica disse...

Adoro seu blog. Adoro ler o que vc escreve. Tão bOM....
Namaste!

Anônimo disse...

Parece que, um dia, Papaji - discípulo de Sri Ramana - falou que o outro 'polo' de Arunachala poderia estar na America do Sul. Dizem que alguém levou um mapa múndi para ele e ele apontou algum lugar bem dentro do Brasil. Lamentavelmente, esse mapa se perdeu...