sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Receitinha:. Lassi

Agora no calor nada melhor do que um Lassi!
Essa receita é uma maravilha e super simples de fazer.

Namaste!


Receitinha Lassi

  • • 1 copo de iogurte natural (orgânico)
  • 2 copos de água em temperatura ambiente
    • 2 colheres de chá de mel ou açúcar mascavo
    • 2 a 3 vagens de cardamomo
    • 1 col de sopa de água de flor de laranjeira ou de rosas

Leve tudo ao liquidificador, bata, coe e beba.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Pictures:.Diwali 2009


















Essas fotos do Diwali desse ano ficaram realmente lindas.
Enjoy!

Fonte:Boston.com
**Tks do my dear friend Linda, who shared this link with her friends.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Om Namah Shivaya by Sudha


Lindo demais.
Om Namah Shivaya!

Yoga Music II

Prem Joshua

Maneesh de Moor

Manish Vyas



Snatam Kaur

Donna De Lory


Sudha


Adoro procurar novos cd´s de mantras.
Mais algumas sugestões de músicas para a sua prática de Yoga.
Harih Om

domingo, 25 de outubro de 2009

Pensamento do dia

If the ego is, everything else also is.
If the ego is not, nothing else is.
Indeed, the ego is all.
Therefore the enquiry as to what this ego is,
is the only way of giving up everything.

~ Sri Ramana Maharshi

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

A Índia Secreta de Paul Brunton


Estou realmente fascinada com o livro que estou lendo. Várias vezes eu vi esse livro nas prateleiras das livrarias mas sempre acabava comprando algum outro. Não era o momento. Paul Brunton o autor do livro, conta sua busca para encontrar verdadeiros mestres e Yogis durante sua viagem pela India nos anos 30. Ele encontra muitos falsos gurus, mas cada um deles tem alguma coisa para ensinar. No fim acaba encontrando aquele que seria um dos maiores mestres espirituais da India, Ramana Maharshi. Se você ainda não teve a oportunidade de ler essa historia, corra para a livraria! Fascinante e muito, muito inspirador.

Abaixo um pouquinho sobre a vida de Paul Brunton.

Paul Brunton, nascido Raphael Hurst, foi um filósofo britânico, místico, viajante, e guru. Morreu em 1981, em Vevey, na Suiça.

Deixou uma carreira jornalística para viver entre os yogis, místicos, e homens santos da Índia, e estudou uma grande variedade de ensinamentos esotéricos Ocidentais e Orientais. Devotando a sua vida à busca espiritual, Brunton se responsabilizou pela tarefa de comunicar as suas experiências com os demais, sendo a primeira pessoa a escrever a respeito do Oriente com uma perspectiva ocidental. Seus trabalhos são na maioria influências do misticismo ocidental pelo oriental. Tentando expressar seus pensamentos utilizando termos das pessoas leigas, Brunton foi capaz de apresentar o que ele aprendeu do Oriente e das tradições antigas com uma linguagem atual. Os escritos de Paul Brunton enfatizam sua visão de que a meditação e a busca interior não são exclusivamente para monges e ermitões, mas também para pessoas com vida normal, vivendo ativamente no mundo Ocidental.

Paul Brunton nasceu em Londres em 1898 e após ter servido na primeira guerra mundial, começou a devotar-se ao misticismo, entrando em contato com Teosofistas. Em meados de 1930, Paul Brunton embarcou em uma viagem para a Índia, que o levou a ter contato com iluminados como Sri Shankaracharya de Kancheepuram e Sri Ramana Maharshi. De fato, Paul Brunton tem o crédito de introduzir os pensamentos de Ramana Maharshi à cultura ocidental através dos seus livros "A Search in Secret India"(A india secreta) e "The Secret Path" (O caminho secreto).

Após duas décadas de sucesso com seus livros, Paul Brunton retirou-se da vida editorial, devotando-se a escrever ensaios e pequenas notas. Até a sua morte em 1981 em Vevey, Suíça, ele publicou mais de 20.000 páginas de escritos filosóficos.

"Traga sempre a lembrança o fato que você é um peregrino, e que o mundo não é mais que um lugar, e que as situações em que você se encontra, ou cria para si, devem ser consideradas não somente do ponto de vista mundano, mas de uma busca para nós mesmos."

~Paul Brunton

Fonte: Wikipedia


segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Movie:.Oh My God


O que é Deus? Acredito que todo mundo já se fez essa pergunta. Esse documentário fala exatamente sobre isso. Durante três anos, o diretor Peter Rodger viajou pelo mundo e encontrou pessoas de todas as religiões e crenças e foi a fundo nessa questão.

Para mim Deus está em tudo e em todos. Somos o microcosmo do macrocosmo. Somos todos UM. Por isso respeito profundamente todas as crenças e religiões e acredito que o mundo seria melhor se todos nós fizéssemos o mesmo.

Veja o trailer e reflita.






Om Shanti!
Paz, paz, paz!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Diwali:. O Festival das Luzes


Amanhã dia 17 de outubro, será celebrado por toda a Índia o Diwali, o festival das luzes que simboliza um novo começo. Vamos então deixar tudo que é velho para trás e abraçar o novo. Jogue fora tudo que estiver em excesso e sem uso e renove suas energias. Faça orações e invoque um novo despertar em seu ser. Ilumine suas ações, seus pensamentos e sensações!!

Namastê!


O Diwali (também transcrito do Deepavali ou Deepawali) é uma festa religiosa hindu, conhecida também como o festival das luzes. Durante o Diwali, celebrado uma vez ao ano, as pessoas estreiam roupas novas, dividem doces e estouram rojões e fogos de artifício. Este festival celebra o assassinato de Narakasura, o que converte o Diwali num evento religioso que simboliza a destruição das forças do mal.

O Diwali é um grande feriado indiano, e um importante festival para o hinduísmo, o sikhismo, o budismo e o jainismo. Muitas lendas são associados a Diwali. O feriado é atualmente comemorado pelos hindus, sikhs e jains em todo o mundo como o festival das luzes, onde as luzes ou lâmpadas significam a vitória do bem sobre o mal dentro de cada ser humano.

Diwali é comemorado no primeiro dia do mês lunar Kartika, que ocorre no mês de outubro ou novembro.

Em muitas partes da Índia, é o Baile do Rei Rama de Ayodhya,que após 14 anos de exílio na floresta derrotou o mal Ravana. O povo de Ayodhya (a capital do seu reino) congratulou-se com Rama por iluminação em fileiras (avali) das lâmpadas (Deepa), dando assim o seu nome: Deepavali. Esta palavra, em devido tempo, se tornou Diwali em hindi. Mas, no sul indiano em algumas línguas, a palavra não sofreu qualquer alteração e, portanto, o festival é chamado Deepavali no sul da Índia.

Na Índia, o Diwali é hoje considerado um festival nacional e é usufruído por todos os hindus independentemente da fé.

Fonte:. Wikipédia

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Body & Soul :. Tudo em Equilíbrio


Fui convidada a participar de um grande evento focado no bem estar e saúde das mulheres que acontecerá nesse sábado no Hotel Hyatt em SP. Aulas de Yoga, meditação, massagens e muito mais, com a presença de vários profissionais maravilhosos. Eu estarei lá fazendo mini consultas de Ayurveda para o público feminino. Vai ser um dia de boas energias. Não perca!


Um dia para despertar o seu equilíbrio. Já ouvimos muito que as mulheres acumulam funções e que precisam ter qualidades masculinas e femininas para se destacarem neste mundo. Já temos consciência de nossas infinitas funções no cotidiano. Agora é hora de respirar. De buscar o equilíbrio e florescer em qualquer ambiente. O evento Body and Soul é um ponto de partida para quem deseja o equilíbrio em sua vida. Um ponto de evolução para quem já es†a nessa busca. E um tempo e espaço de respiro em pleno caos da vida urbana.


Bem-vinda!

DATA DO EVENTO:.17.out.09
HORÁRIO:.9h00 às 18h00
Para mais informações entre no site aqui.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

De cara nova!


O site/portal do professor Pedro Kupfer está totalmente repaginado!
Fonte maravilhosa de textos e matérias seja para alunos, professores
ou amantes do Yoga e Vedanta, está ainda melhor.
Mais interativo e com um visual bem moderno. Não deixe de clicar!

Namastê

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Pensamento do dia


"O Prana queima como fogo e brilha como o sol.
É a generosa nuvem chuvosa e sopra como o vento.
É a terra e a lua; tem e não tem forma; o Prana é a imortalidade."

~Upanishad Prasna, 2:5

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Morning Prayer


Karagre vasate Lakshmi
Kara-madhye Saraswati
Kara-mule sthita Gauri
Prabhate kara-darshanam

"On the tip of my fingers is prosperity and abundance (goddess Lakshmi); in the middle of my hand is eloquence and learning( goddess Saraswati); at the base of my hand is divine power (goddess Gauri or Parvati). In the morning, a vision of energy in my hands".

"Na ponta dos meus dedos está a prosperidade e abundância de Lakshmi; no meio da palma da minha mão está o conhecimento e a eloquência de Saraswati; na base das minhas mãos está o poder divino de Parvati ou Gauri. Pela manhã, uma visão de energia em minhas mãos".

***
A repetição desse mantra pelas manhãs é uma tradição muito antiga na Índia e entoá-lo logo cedo ao acordar deixa seu corpo com muito mais energia para enfrentar o dia. Ao acordar, antes de pisar com os pés no chão, olhe para as suas mãos e diga esse mantra ou verso. Em seguida encoste gentilmente as palmas das mãos no rosto e sinta a energia fluir.

Depois levante-se e faça sua prática diária.

Ao invocar Lakshmi, você honra sua capacidade de manifestar abundância e beleza em sua vida. Ao invocar Saraswati, você aumenta a sua capacidade de se expressar com clareza. E ao invocar Gauri, outro nome do poder da Shakti, você honra a fonte de tudo.

Honrar o poder que existe dentro de você significa olhar para a sua vida como uma expressão da graça divina. Esse mantra ajuda você a oferecer todas as suas ações de volta para a fonte divina.

* Texto originalmente publicado na revista Yoga Journal americana e traduzido por mim.
** Imagem:. Flickr