segunda-feira, 28 de setembro de 2009

No Caminho


Descobri por acaso esse novo programa do canal Multishow. Oba!
Mais uma maneira de matar um pouquinho a minha ENORME saudades da Índia, (que a cada dia fica ainda maior).

Abaixo a sinopse e um video do programa.
Assista! Toda segunda 22h30.

Namaste!





Mistério e beleza, assim pode-se resumir No Caminho, novo programa que estreou no Multishow em agosto. Numa viagem mística e profunda, Susanna Queiroz, nova apresentadora do canal, vai mostrar uma Índia diferente daquela que vemos na TV.

A ideia do programa surgiu a partir da própria apresentadora, que é adepta do budismo, já esteve na Índia e lá quis voltar. Entre templos e personagens comoventes que vão aparecer em sua rota, Susanna vai despertar a curiosidade das pessoas com esse país misterioso.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Inspiração:.Shilo Shiv Suleman











O trabalho da indiana

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Bhagavad Gita - Gloria Arieira


Tive o imenso prazer de comprar a tradução direta do sânscrito da Bhagavad Gita feita pela renomada professora Gloria Arieira. É um privilégio poder ler esse livro, que é uma contribuição valiosa para todos os estudantes e apreciadores da cultura Védica. A Bhagavad Gita é a essência do conhecimento védico da Índia e um dos maiores clássicos de filosofia e espiritualidade do mundo. Para quem ainda não teve a oportunidade de ler, sugiro então que inicie sua jornada com essa preciosa tradução.

Hari Om

Namastê!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Navaratri - Nove Noites de Iluminação Espiritual


Navaratri não é apenas para o aspirante espiritual mas sim uma mensagem para todos que vivem uma vida normal.

"Nav" signigica nove e "ratri" noite. Assim Navaratri significa 9 noites e é um festival de adoração a divindade feminina. Existem muitas lendas relacionadas ao surgimento do Navaratri, mas todas elas estão associadas a Shakti, a energia feminina suprema e suas várias formas.

Contemplando os arquetipos das Deusas: Durga que ajuda a conquistar os obstáculos, Lakshmi que traz paz e prosperidade e Saraswati que ajuda a conquistar conhecimento e sabedoria, adquirimos três ingredientes importantes e necessários para a vida cotidiana.

Ao invocarmos essas divindades, invocamos a Shakti (energia) que está em nós mesmos.
Durga, Lakshmi e Saraswati não são diferentes entidades, mas sim diferentes facetas da Divindade singular.

Algumas práticas espirituais associadas ao Navaratri incluem: jejum baseado em frutas e leite, JapaMala (repetição de mantras), mauna (jejum verbal), oferendas de comida, velas, preces e meditação.

Escolha o seu momento, sua forma de contemplar essas qualidades interiores e dedique do dia 19 ao dia 27 de setembro, alguns minutos de cada dia. ( A postagem foi um pouco tardia, mas inicie assim mesmo!)

No dia 28 de setembro, cante, dance, presenteie-se, ame-se e sinta-se no caminho da evolução e iluminação espiritual.

Os três primeiros dias são dedicados a Durga. Ela personifica o aspecto da energia que destrói as tendências negativas.

Lakshmi durante os 3 dias seguintes.
Lakshmi não é apenas a que oferece riqueza e prosperidade.
É a mãe que dá de acordo com as necessidades de seus filhos.

Os ultimos 3 dias do Navaratri são dedicados a adoração de Saraswati, a corporificação do conhecimento. Ela é representada usando um sári puro e branco que simbolicamente traduz a iluminação da Verdade Suprema.

O décimo dia - Vijaya Dashami, ou o festival da vitória, simboliza o momento em que a verdade se instala no interior do seu Ser.

Jai Maa!

*Texto da minha querida amiga e professora de Yoga, Marlei Caroli.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Dica de livro:. O Caminho da Prática



Estou lendo um livro absolutamente maravilhoso chamado " O Caminho da Prática" (em inglês The Path of Practice) de Bri. Maya Tiwari. Neste livro, Bri. Maya Tiwari nos oferece um curso intensivo sobre cura e sobre a vida, revelando como pesquisou as fontes da sabedoria ayurvédica e resgatou técnicas milenares e extremamente poderosas para serem usadas em nossa vida contemporânea. Bri. Maya Tiwari é hoje uma renunciante, chamada Swamini Mayatitananda Saraswati. Estudou com Swami Dayananda e ensina e dirige instituições nos Estados Unidos e na Guiana. Clique aqui para saber mais.

Abaixo um pouco sobre sua vida.

Ao ser diagnosticada com um câncer de ovário, aos 23 anos, Bri. Maya foi informada de que lhe restavam apenas dois meses de vida. Seus médicos aconselharam-na a utilizar grandes doses de morfina, para amenizar seus últimos momentos. Em vez disso, ela abandonou uma bem sucedida carreira de estilista de moda de Nova York e mergulhou em meses de meditação intensiva e nutrição holística, sozinha, em uma cabana de toras em Vermont. Quando a primavera chegou, sua saúde e vitalidade haviam sido restauradas. Inspirada por inúmeras visões e sonhos com a família e ancestrais, Bri. Maya se tornou aluna de um dos poucos mestres indianos vivos da tradição dos Vedas. Atualmente, saudável em corpo e espírito, ela se dedica a ensinar as práticas védicas, com ênfase especial no emprego da força primordial feminina, a shakti, para ajudar outros na cura de distúrbios emocionais e físicos.


Não deixe de ler esse livro tão inspirador!


Namastê!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

ABC Ayurvédico dos Alimentos:. Cereais



CEREAIS

PROPRIEDADES ENERGÉTICAS E GERAIS

Os cereais têm geralmente um sabor doce, uma energia neutra e um efeito pós digestivo
doce. Eles são normalmente sáttvicos e ajudam a equilibrar os três humores.
Apenas em excesso, a maioria deles pode agravar os três humores, não em uso
casual. Eles são provavelmente o melhor alimento de base para todos os climas e
constituições, sobretudo os integrais. Eles contêm quantidades significativas do
elemento terra, necessário à formação dos tecidos, servindo também para dar consistência
às fezes. Os cereais conservam bem as suas propriedades e não se deterioram tão
facilmente como outros alimentos. Eles são fáceis de digerir e podem geralmente ser
consumidos quando os outros alimentos causam indisposição.


CEREAIS DIURÉTICOS
Muitos cereais têm propriedades diuréticas ou que dissipam a água e são, ao
mesmo tempo, nutritivos e bons para Kapha, ajudando também a eliminar o fleuma.
Estes incluem a cevada, cevadinha francesa, milho, centeio e trigo mourisco.


CEREAIS NUTRITIVOS
Muitos cereais são muito fortificantes e bons para as condições Vata ou de
convalescência. Estes incluem o trigo, aveia, arroz e cevada integral.

PREPARAÇÃO
O cozimento a vapor é a forma mais equilibrada e fácil para digerir os cereais
integrais.

O pão é geralmente um pouco mais difícil de digerir. O seu fermento pode
agravar Vata (provoca gases), sobretudo associado a outros alimentos. A sua
viscosidade pode agravar Kapha. Pitta lida melhor com o pão. Ele é geralmente
preferível tostado, o que o vai secar e aliviar da sua viscosidade. No entanto, continuam
a ser alimentos muito bons e fortificantes, fáceis e rápidos de consumir, pois não têm de
ser cozidos, como os cereais integrais. Os pães, tortilhas ou chapatis sem fermento
são geralmente melhores do que os pães com fermento. A massa é uma boa forma para
consumir bastantes cereais, principalmente o trigo.

Os cereais moídos são bons mas tendem a perder as propriedades mais
rapidamente e conservam-se menos.
Com legumes cozidos a vapor e em óleo, como o óleo de sésamo ou o ghee, os
cereais são a base de uma boa dieta para quase todos os tipos. Fritos em óleo, como o
pão frito, os cereais são difíceis de digerir e mais propensos a agravar Pitta,
Kapha e Ama.

Os cereais secos, como o muesli e granola, são mais suscetíveis de agravar Vata mas são
melhores para Kapha.

Os Nachos podem agravar Pitta e Kapha pelo seu lado oleoso, enquanto que o seu lado seco agrava Vata.

Os biscoitos Crackers não são tão ruins para Vata, mas podem também ter este efeito e são melhores para Kapha.

Como os cereais são equilibrados, eles raramente necessitam de antídotos, mas
as especiarias facilitam a sua digestão e são particularmente boas no pão.

COMBINAÇÕES
Os cereais são neutros e combinam-se com diversos alimentos
diferentes como os legumes, frutas, nozes, produtos lácteos. Mas devemos
ter cuidado pois estes alimentos podem não se combinar bem entre eles. O leite e
a aveia, por exemplo, combinam bem; as nozes e a aveia; mas o leite, as nozes e a aveia
juntos podem causar problemas.

MOMENTO
Os cereais, visto que contêm todo o seu potencial dentro da semente, são bons
em qualquer época do ano. Eles são especialmente bons no Inverno.


AVEIA
A aveia é doce, levemente fria e com um efeito pós-digestivo doce. Diminui
Vata e Pitta, e aumenta Kapha. Ela ajuda a formar todos os tecidos, incluindo o tecido
reprodutivo. Ajuda a acalmar e fortificar a mente e nervos (particularmente a casca da
aveia). Ela é demulcente, emoliente e laxativa, sobretudo quando é partida e enrolada,
sendo também boa para a obstipação crônica. A aveia pode ser um pouco pesada e
difícil de digerir, sobretudo se for associada a uma grande quantidade de leite e açúcar. A
aveia pode também provocar erupções cutâneas ou agravar condições de sangue tóxico
devido a uma substância irritante que contém; por isso, em excesso pode agravar Pitta.


ARROZ
O arroz é doce, geralmente neutro e com um efeito pós-digestivo doce. É
relativamente equilibrado para os três humores, sobretudo o arroz basmati. Ele é
principalmente composto de amido e, assim, suave e fácil de digerir. Pode ser consumido
quando há vomitos, anorexia ou incapacidade de digerir a comida em geral, e é
geralmente bem aceita nestes casos.


O arroz branco e refinado pode agravar Kapha e Ama pela sua natureza
viscosa. O arroz integral sobretudo o de grão pequeno, tem uma natureza mais quente e
pode agravar Pitta em excesso (mas não em uso casual). O arroz integral de grão longo
é basicamente bom para Pitta mas será mais sensato evitá-lo em condições Pitta agudas.
O arroz integral é mais energético e melhor para Vata ou debilidade. O arroz integral de
grão longo é um dos melhores alimentos e mais equilibrados.


O arroz é tônico, nutritivo, emoliente, laxativo e harmonizador para o estômago
e pulmões. Ele forma todos os tecidos, geralmente através do plasma. É bom para
convalescência, debilidade, para interromper um jejum e é um bom alimento para o
yoga e meditação, particularmente com uma dieta à base de frutas, laticínios e
especiarias sáttvicas.


CENTEIO
O centeio é doce e adstringente, frio e com um efeito pós-digestivo doce.
Diminui Kapha e Pitta mas aumenta Vata. Ele é diurético e um dos melhores cereais
para Kapha.


CEVADA
A cevada é doce ou suave, levemente fria e com um efeito pós-digestivo doce.
Diminui Pitta e Kapha mas em excesso ( e não em uso casual) tende a agravar Vata.
A cevada é diurética, emoliente e anti-reumática. Ela é boa para a
convalescência de doenças pulmonares, para a tosse e artrite. Ela nutre a pele, limpa
edemas e fortifica os rins; ajuda a melhorar a absorção, neutraliza a diarreia, aumenta as
fezes e dá-lhes consistência.
A cevadinha francesa, não é uma planta aparentada, mas tem um uso
semelhante. Ela tem fortes propriedades medicinais.


MILHO
O milho é doce, basicamente neutro e tem um efeito pós-digestivo doce.
Diminui Kapha e Pitta, mas em excesso (e não em uso casual) pode agravar Vata.
No entanto, os “Nachos” podem agravar bastante Vata e Pitta. O pão de milho é
particularmente secante e mais suscetível de agravar Vata .

As tortilhas mexicanas podem também agravar Vata.

O milho é diurético e bom para edemas, cálculos renais, cálculos biliares e
icterícia, sobretudo as barbas de milho. O milho é muito nutritivo, fortifica o fígado, rins e baço,
e ajuda na absorção. Ele tem uma energia solar e ajuda a aumentar o poder de
percepção, sobretudo se for consumido com ghee.



TRIGO
O trigo é doce, levemente adstringente, frio e com um efeito pós-digestivo doce.
Diminui Pitta e Vata, e aumenta Kapha. Os tipos Kapha são frequentemente alérgicos a
ele, visto que ele aumenta o muco e a congestão.


O trigo é muito nutritivo, talvez o mais fortificante de todos os cereais, promove
o crescimento nas crianças, ajuda a formar o tecido muscular e fornece energia para o
trabalho físico. Ele contém muita terra. O trigo fortifica o coração, alivia as palpitações
e ajuda a acalmar a mente e neutralizar a insônia. Ele é bom para úlceras, colite e
hemorróidas. Com leite e açúcar, é bom para problemas de hemorragias (Rakta Pitta).

O trigo é muito usado em chapatis; as massas de trigo são também boas mas
podem ser muito Kaphogenicas. O farelo de trigo é um bom laxativo e particularmente
eficaz para os tipos Vata. Externamente, a farinha de trigo é um bom adstringente para queimaduras, feridas e erupções cutâneas.


Algumas pessoas, no entanto, são alérgicas ao glúten do trigo.

Ele pode agravar a artrite, gota e outras condições Ama.
A farinha branca é um alimento demasiado refinado e artificial com
propriedades tamásicas. Ela provoca muitas doenças Kapha e Ama, e não deve ser
consumida, se possível. Ela bloqueia os canais e embrutece a mente.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Mantras para a Paz


Mantras para a Paz.
São os meus favoritos.
Experimente ficar no silêncio apenas na companhia deles.


Bom final de semana.

Namastê!


***


Om Saha nav-avatu
Saha nau bhunaktu
Saha viryam karava-vahai
Tejasvi nav-adhitamastu
Ma vidvishavahai
Om Shantih, Shantih, Shantih


Que nós sejamos protegidos juntos
Que nós sejamos nutridos juntos
Que nós trabalhemos juntos com grande energia (para o benefício de todos)
Que nossos estudos juntos sejam iluminadores
Que não haja mal amados entre nós
Om Paz,Paz,Paz



***


Om Asato Ma Sad Gamayaa
Tamaso Ma Jyotir Gamayaa
Mrityor Ma Amritam Gamayaa


Senhor, guie-nos do irreal para o real
Da escuridão para a luz
Da morte para a imortalidade



***


Guru Brahma, Guru Vishnu
Guru Devo Maheshvara
Guru Sakshat Param - Brahma
Tasmai Shree Guruve Namaha


O Guru é Brahma (criação)
O Guru é Vishnu (sustentação)
O Guru é Shiva (transformação)
O Guru é o supremo absoluto.
Saudações ao Guru



***



Lokah Samastaa Sukhino Bhavantu


Que todos os seres em todas as partes sejam livres e felizes.



***



Om Namah Shivaya


Eu invoco a luz interior e exterior
Eu sou um com a fonte de todo o Ser

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Pensamento do dia


Death is not the end
Death can never be the end.
Death is the road.
Life is the traveller.
The Soul is the Guide
Our mind thinks of death.
Our heart thinks of life
Our soul thinks of Immortality.

~Sri Chinmoy

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Mother India







Love these images. Look like paintings.

Images:.OmKali

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Contemplação da Verdade


Essa é uma prática de meditação poderosa que nos ajuda a liberar emoções e sentimentos reprimidos. Faça sempre que quiser ir a fundo na sua alma.
Namastê!

***

Sente-se com a coluna ereta, de forma confortável. Se tiver dores nas costas, encoste em alguma parede ou sente-se numa cadeira. Primeiramente deixe a sua respiração mais tranquila e fique assim por alguns minutos contemplando-a. A seguir, gaste alguns momentos contemplando o que a verdade realmente significa.


  1. Pergunte-se: O quê verdade realmente significa para mim? De que maneira eu habitualmente ou ocasionalmente falo sem verdade? Existem situações onde é mais fácil falar de maneira negativa ou sem verdade? Realize essa contemplação e as demais sem julgamentos.

  2. Pergunte-se: De que maneira eu escondo a verdade de mim mesmo? Existem sentimentos que estou escondendo de mim? Existem relacionamentos que precisam de cuidado, e eu não estou dando a devida atenção? Estou me iludindo sobre algo em minha vida? Note seus sentimentos quando eles surgirem e os libere na expiração.

  3. Pergunte-se: Que histórias eu conto para mim mesmo sobre como outros devem se comportar, ou sobre como minha vida deveria ser? E o que significa ser espiritual?

Auto-Avaliação sobre verdade interior:.

O que eu sou sem pensamentos, idéias, emoções, memórias ou sensações? O que eu realmente sou? Esta é uma avaliação fabulosa para se libertar de padrões. Permita-se ficar presente nos momentos de aparente vazio que surgem após a contemplação desta questão. Estas são experiências, ainda que breves, da pura consciência, o UM que permeia a sua vida.


*Meditação inspirada por Sally Kempton (Swami Durgananda) retirada de meu curso de formação com a professora Greta Hill.