segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Os Doshas


Muita gente que entra aqui no blog, não sabe direito o que são Doshas e na maioria das vezes me perguntam a respeito desse conceito tão básico da Ayurveda. Resolvi então colocar aqui um resuminho de cada Dosha e suas características para que vocês possam ir se acostumando com esse universo.


Namastê!



Os Doshas

Vata (Ar + Espaço):.


Este dosha controla a inspiração e a expiração, a circulação sanguínea, os impulsos nervosos, os batimentos cardíacos, a comida que entra e que sai, o fluxo dos pensamentos. A energia de Vata controla o sistema nervoso e se concentra na região do cólon (intestino grosso), pélvis, juntas sacro-ilíacas e lombar. Quando o dosha entra em desequilíbrio, esses são os primeiros órgãos a apresentar problemas.
São pessoas altas ou baixas, porém sempre magras, de estrutura corporal angulosa.
Têm ombros e quadris estreitos.
Podem comer muito e não engordar.
O apetite é irregular e podem ter fome a qualquer hora e têm o hábito de pular refeições.
As juntas são secas e barulhentas. Têm mãos e pés gelados e sentem muito frio.
Em geral têm olhos pequenos e secos e cabelos finos. A pele também é seca.
São superativas, mas se cansam com facilidade, podendo chegar à exaustão.
Isso gera sensação de fraqueza.
Necessitam de muito repouso e se beneficiam com rotinas e hábitos regulares.
São pessoas alertas, criativas, ágeis e comunicativas, com uma mente rápida e ativa. Como o vento, pensam, falam, andam e movem-se depressa. Mudam de idéia e humor o tempo todo.
Em desequilíbrio, apresentam cansaço, ficam angustiadas e ansiosas, sofrem de insônia, prisão de ventre, gases e flatulência. Ficam inseguras na hora de tomar de decisões e tornam-se contraditórias, imprevisíveis e instáveis.

Importante: Vata em desequilíbriio deve evitar tudo que seja frio, seco, leve, instável, agitado, incluir em sua rotina diária a auto massagem e fugir das correntes de ar.


Pitta (Fogo + Água):.


O dosha do fogo representa o metabolismo, sendo responsável por todas as trnsformações químicas que ocorrem no organismo. Pitta faz a digestão, traz luminosidade para o olhar, regula a temperatura e é fonte de energia.
Este dosha se concentra na região abdominal: intestino delgado, parte baixa do estômago e fígado. Quando o dosha entra em desequilíbrio, esses são os primeiros órgãos a sofrer.
São pessoas de estrutura e constituição média e mantém o peso sem muitas flutuações. A pele é clara ou avermelhada. A temperatura do corpo é alta, transpiram e ruborizam com facilidade e por isso são avessas ao calor e à exposição prolongada ao sol.
Os cabelos são finos e geralmente claro ou ruivo. A tendência é ficarem com os cabelos grisalhos precocemente e no caso dos homens, carecas.
Têm excelente digestão e grande apetite. Ficam irritadas se pulam ou atrasam uma refeição. O intestino também funciona com regularidade.
Costumam acordar no meio da noite com fome, sede ou calor.
É o dosha de maior inteligência e também de raiva.
O raciocínio é rápido e tem poder de foco e organização.
São pessoas ordeiras, determinadas, calorosas, enérgicas e competitivas e muito corajosas e independentes. Costumam dominar as situações e julgar os outros.
Em desequilíbrio tornam-se impacientes, frustradas e irritadiças. Raivosas, passam a ter comportamento agressivo. Têm erupções na pele e sofrem com indigestão e azia.

Importante: Pitta em desequilíbrio deve aprender a usar de forma construtiva a energia de sua raiva. Deve evitar tudo que seja excessivamente quente, picante e estimulante.


Kapha (Terra + Água):.


Kapha representa estabilidade e pé no chão. É o dosha responsável por nossa estrutura e sistema linfático. Também dá suporte e nutre o sistema nervoso, lubrifica o trato digestivo, as articulações e o trato respiratório, regula água e gordura no corpo.
Sua energia é concentrada no alto do estômago, pulmões e vias respiratórias, os primeiros órgãos a adoecer quando kapha entra em desequilíbrio.
As pessoas de Kapha têm estrutura corporal sólida, ganham peso com facilidade e têm tendência à obesidade e muita dificuldade para emagrecer. Tem dentes fortes, olhos grandes e cílios longos. Os cabelos geralmente são grossos e brilhantes.
De digestão lenta, podem sentir-se pesadas após comer. Não têm muito apetite, mas por muitas vezes comel por pura gula. Adoram beliscar entre as refeições. Seu sono é pesado e profundo, transpiram pouco e detestam tempo frio e úmido. Tendem a acumular muco.
São pessoas lentas em todos os aspectos, aprendem devagar, mas têm excelente memória. São amáveis, conciliadoras, carinhosas, calmas, pacientes e tranqüilas.
Em desequilíbrio apresentam preguiça, fadiga, depressão e dificuldade para expressar seus sentimentos. Tornam-se letárgicas e superprotetoras. Desenvolvem tendência a dormir demais e ficam resistentes a qualquer mudança. Sofrem com obesidade e com pulmão e nariz congestionados. O apego a coisas, pessoas e o passado fica extremado resultando em ciúme e saudosismo.

Importante: Kapha em desequilíbrio deve adotar uma rotina estimulante e deve priorizar os exercícios físicos e as massagens estimulantes. Deve evitar tudo que seja frio, úmido e pesado.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Pensamento para o fim de semana...

Quem terá visto algo que em realidade existe, mas não se manifesta?
Quem terá visto o que se manifesta no coração, mas não repousa nos lábios?
Quem terá visto aquele que é a realidade do mundo, mas não se encontra no mundo?
Quem terá visto na existência e na não-existência uma tal não-existência?

~Rumi

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Inspiração:.Mitchell Kanashkevich











Fiquei horas apreciando essas divinas imagens.

Enjoy!

Soma of Universal Delight


The spiritual practice of turning within oneself, being calmly aware of our senses, thoughts and triggered reactions, allows us to connect with our deeper realities. Looking within ourselves with compassion allows us to address our internal struggles, passions and conflict with empathy. Empathizing with ourselves we bring the flow of loving kindness to our inner beings, reflecting a benevolent approach to our personal misgivings, making us tolerant to all worldly situations.

The enchantment of divine love and bliss is the Soma of delight. Once we appreciate and savor this Soma which satiates our soul stirrings we unravel the depths of a higher consciousness. This higher conscious state filters through our thoughts and actions coloring our relationships with divine love.

~ Shambhavi Chopra

Para ler o texto completo clique aqui.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Honoring The Mother Goddesses

Bhumi (Mother Earth)

samudra mekhale devi
parvata stana mandale
visnu patni namas tubhyam
pada sparsam ksamasva me

O Bhumi! You are girdled by the oceans and the mountains are your breasts.
O wife of Vishnu, I offer you my salutations.
Forgive me for treading on you.


***

Lakshmi

siddhi buddhi prade devi
bhukti mukti pradayini
mantra murte sada devi
maha laksmi namostute

O Maha Lakshmi! Bestower of success and intelligence, wordly enjoyment and liberation, I bow down to you, O goddess, whose form is the mystic syllable.



***


Saraswati

ya kundendu tusara hara dhavala ya subhra vastravrta
ya vina vara danda mandita kara ya sveta padmasana
ya brahmacyuta sankara prabhrtibhir devaih sada vandita
sa mam patu sarasvati bhagavati nihsesa jadyapaha

May Saraswati, the goddess of learning, who is pale like a garland of kunda flowers, the moon or frost, who is dressed in white, whose hands play the flute, who sits on a white lotus flower and is always adored by the gods Brahma, Vishnu and Shiva, protect me by completely removing the dullness of my intellect.



***

Durga Devi

ya devi sarva bhutesu
sakti rupena samsthita
namas tasyai namas tasyai
namas tasyai namo namah

I bow down again and again to the goddess who is manifest in all creatures as strength and power.


***

Kali Ma

pracanda canda mundayor maha balaika khandini
hy aneka runda munda yug rane balaika dayini
kvacit tv asakti karini rama vilasa dayini
mudestu kalika sada samasta papa harini

May Kali, who takes away all sins, bring you joy. She was the only one able to destroy the terrible demons, Chanda and Munda. Kali gives courage ans strength to a warrior on a battlefield littered with headless corpses. She robs the strength of those not devoted to her, though she gives good fortune to those who are.



Após um final de semana intenso e de pura energia do poder da Shakti, não poderia deixar de honrar a deusa em todas as suas formas.

Jai Ma Guru!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Um final de semana de PAZ e UNIÃO...

Tive um final de semana abençoado. Muita energia de paz e união circulava pelo Yoga pela Paz esse ano. Palestras, kirtans, danças indianas, apresentação de vídeos, meditações e práticas de Yoga. É um privilégio poder participar desse evento e ter a oportunidade de conhecer o trabalho de tanta gente boa. Fiz uma prática incrível e totalmente energética com a professora americana Micheline Berry. Vinyasa Flow com movimentos de dança e uma música contagiante! No final da prática senti meu corpo vibrando e cheio de prana. Ótimo para os Kaphas mais preguiçosos.

Também assisti ao video Índia Exótica do multifacetado jornalista Arthur Veríssimo, no qual ele mostra a loucura desse festival chamado Kumbha Mela que reúne mais de 40 milhões de devotos e Sadhus pela Índia. Incrível e imperdível!

E mais uma vez eu pude ouvir os ensinamentos do Dr. David Frawley e de sua mulher a indiana Shambhavi Chopra. Shambhavi nos ensina como rituais de mantras, meditação e o contato com a natureza podem trazer o poder da Deusa/Shakti dentro das nossas vidas. Ela é realmente incrível e tem um magnetismo absurdo. Final de semana que vem, participarei de seu retiro Yogin Shakti em São Francisco Xavier e tenho a certeza de que será muito especial. Para quem não conhece seu trabalho, recomendo seus dois livros. Leia e descubra seu poder interior!

Namastê!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Prana, Tejas e Ojas


Prana, Tejas e Ojas são as energias sutis dos doshas Vata, Pitta e Kapha. A psicologia ayurvédica estuda principalmente essas energias e para que haja doença no organismo é preciso que haja um aumento (desequilíbrio) dos doshas e uma baixa de Prana, Tejas e Ojas. Para um maior entendimento dessas três energias vitais, leia o resumo de cada uma abaixo.


Prana

O Prana concede adaptabilidade mental, capacidade de comunicação, coordenação de idéias e amplitude de compreensão. É a força vital de base da mente. Concede entusiasmo, criatividade e energia. Promove a vontade de viver, de crescer e de bem estar. Governa o crescimento global e a evolução do corpo e da mente.


Tejas

Tejas promove a inteligência, a razão, a paixão por aprender e descobrir, o poder de autodisciplina e a capacidade de percepção. É a nossa clareza básica de espírito. Promove a coragem, a audácia e os nossos valores.


Ojas

Ojas concede a força mental, o contentamento, a paciência, a força de espírito, a calma, a capacidade de memória e de concentração prolongada. É a nossa estabilidade mental e psicológica de base e a nossa capacidade de resistência na vida. Ojas é essencialmente nossa paz de espírito. Promove a imunidade, a resistência física, a capacidade de trabalho e esforço constante.

Portanto, faça um auto estudo constante (Swadhyaya) e perceba essas energias sutis em seu organismo. Sinta como anda sua vitalidade e como anda sua imunidade. Esse auto estudo é de extrema importância para a sua saúde física e mental. Inclua esses hábitos ayurvédicos na sua vida!


Namastê!


*Para mais informações sobre psicologia ayurvédica, indico este livro.
** Para tratamento com psicologia ayurvédica clique aqui.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Pensamento do dia


"If you want to reach a state of bliss, then go beyond your ego and the internal dialogue.
Make a decision to relinquish the need to control, the need to be approved, and the need to judge.
Those are the three things the ego is doing all the time.
It's very important to be aware of them every time they come up".


~ Deepak Chopra

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

The Green Children:. Hear Me Now



DOWNLOAD THIS FREE MUSIC VIDEO at http://www.thegreenchildren.org

50% of our iTunes single sales go to a new lending project for the poor of India.

Hear Me Now - Written and Performed by The Green Children. Filmed entirely in the rural villages of Bangladesh, this video features the real women borrowers of 'Grameen Bank', known as 'the bank for the poor'. See how small loans have transformed their lives!

Please help us raise awareness by sharing this video.






A scarf uncovers a smiling face
That tells the story of a changing place
She knows no greater wonder than what she's seen
She bears a heart of secrets from where she's been, she says
Hear me now
Hear me now
Hear me out, she cries
See me now
See me now
See in me and I'll rise
She's worked hard and achieved
A new life's been received
So much pride in her eyes
She's thrown out her disguise
She's got a chance to make it on her own
Just one man gave hope to his home, he says
Hear me now
Hear me now
Hear me out, he cries
See her now
See her now
See in her and she'll rise
She speaks unfamiliar words
But so easily understood
It's like a tone in her voice
Reveals the power of choice
She's so wonderful
The way she holds herself
She finally broke the spell
You can tell
Hear me now
Hear me now
Hear me out, she cries
See me now
See me now
See in me and I'll rise
Hear me now
Hear me now
Hear me out, he cries
See her now
See her now
See in her and she'll rise
A scarf uncovers a smiling face
That tells the story of a changing place

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Espectro da Consciência

Mais um texto do meu querido amigo e professor de Yoga, Helio Penteado.
Dessa vez, ele escreve sobre o livro "Espectro da Consciência" do Ken Wilber.

Não deixe de ler.

Namaste!


Espectro da consciência de Ken Wilber

Ken Wilber abriu um ‘mapa mundi’ extremamente detalhado sobre os processos mentais da nossa mente. Num estudo comparado incluindo a literatura dos Vedas, da antiga Índia e Indostão (da qual sou discípulo), do Egito e de outras tradições seculares. Ele nos apresenta os processos da consciência humana delineados pelo que chama de espectro, análogo ao das ondas magnéticas, do rádio, das cores e térmicas.

A divisão para efeitos de estudos se dá em 03 níveis a partir do mais sutil até o mais denso, da seguinte forma:


• 1° nível: NíVEL DA MENTE nominada também como consciência universal, a origem de tudo, sem começo sem fim, tempo e espaço, matéria e energia. O que chamam de Brahman, Yavé, Tao, Deus etc. Essa é a base de tudo, um substrato atemporal, sem espaço geográfico delimitado, de todos os fenômenos, inclusive da nossa consciência pessoal. Uma vez entendido experimentado esse nível de consciência a pessoa chama-se desperta, atingiu uma das formas de samadhi, de iluminação, a caminho de shambala, nirvana ou outro nome qualquer para esse efeito do conhecimento real.Aqui a consciência individual ainda tem a semente do indivíduo, mas identifica-se com o todo de onde veio e de onde é.

• 2°nível: NíVEL EXISTENCIAL: é o movimento dessa mente-consciência em direção à diversificação das formas desse universo, assim a experiência indivíduo dá lugar à experiência de múltiplas formas, como Krishna mostra sua verdadeira forma à Arjuna no Bhagavad Gita, composta por milhões de seres conhecidos e reconhecíveis através do tempo e espaço. Aqui ocorre a divisão do uno, o nada ou tudo que gera e é substrato de tudo, divide-se em sujeito e objeto. È uma ilusão (maya) onde entendemos a nossa consciência individual separada do todo é Dweitam, Dual, dualista, Ying&Yang, Sol&Lua, Homem&Mulher,Calor&Frio inútil multiplicarmos os exemplos.


Mas aqui acontece a identificação do sujeito com o corpo:Minha cabeça dói, meu nome é, meu carro está na minha garagem da minha casa- indissociável com os argumentos do Ego eu faço. Eu olho pro oceano e não vejo mar, só vejo onda. ( Francisco de Biase atesta que Pierre Weil denomina este fenômeno de fantasia da separatividade e neurose do paraíso perdido, outros chamam de transtorno da queda do Homem ou síndrome do pecado conhecido).

• 3° nível: NíVEL do EGO: é o momento em que a mente está na área mais densa do espectro, mais inferior de forma tal que não consegue nem se identificar com todo o seu corpo físico e mental, mas somente com o Ego. Aqui há até uma certa oposição entre mente e corpo, já que só o que o sujeito vê e toca é real, eu não sou mais um corpo composto, eu tenho um corpo, para alguns é a origem da dicotomia psique/soma.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Incredible India!






Os traços desse artista e sua habilidade com as cores são incríveis!

Enjoy his Incredible India!

Namastê!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Pensamento do dia


" To find the balance you want, this is what you must become. You must keep your feet grounded so firmly on the earth that it's like you have four legs, instead of two. That way, you can stay in the world. But you must stop looking at the world through your head. You must look through your heart, instead. That way, you will know God."

~ Elizabeth Gilbert

*Trecho retirado do (maravilhoso) livro Eat, Pray, Love

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Dicas de Ayurveda:.Redução de Toxinas


Para a Ayurveda, o corpo deve estar sempre livre de toxinas para se ter saúde. Ama (toxinas) são os alimentos que são ingeridos em excesso, aqueles que não são completamente digeridos pelo nosso organismo e se transformam em lixo. Ou então, as nossas emoções, aquelas que não colocamos para fora, e que não são trabalhadas também viram ama, e tornam a nossa saúde debilitada. Existem formas rápidas e práticas de digerir ama e voltar a ter mais vitalidade e energia física e mental e elas são chamadas de Ama Pachana. Abaixo algumas receitinhas de Ama Pachana de acordo com os doshas. Faça e permita que seu corpo tenha mais saúde.


Vata


  • 3 colheres de sopa de semente de erva doce
  • 3 colheres de sopa de semente de cominho
  • 1/2 colher de sopa de assafétida
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó
  • 1 colher de sopa de sal de rocha

Torrar os 2 primeiros ingredientes numa panela por alguns minutos, até soltar os aromas. Acrescentar os demais ingredientes e misturar bem. Retire do fogo, espere esfriar um pouquinho e triture num processador. Depois misture com limão até formar uma pasta. Tome 1 colher de chá por infusão na xícara 3 x ao dia *antes das refeições.


Pitta


  • 1 colher de sopa de gengibre em pó
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo
  • 1 colher de sopa de ghee

Misture bem todos os ingredientes até formar uma pasta. Tome 1 colher de chá 3x ao dia *antes das refeições.


Kapha


  • 1 colher de sopa de gengibre em pó
  • 1 colher de sopa de mel

Misture bem até formar uma pasta. Tome 1 colher de chá 3x ao dia *antes das refeições.


*Você pode escolher como quer fazer, para melhorar seu apetite, antes das refeições. Para melhorar a digestão, após as refeições.

** Suas práticas de Yoga, Pranayamas e meditação são extremamente importantes nesse processo de eliminação de toxinas, principalmente das toxinas emocionais. Portanto não deixe de fazer!