segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Sankalpa:.Resoluções para 2010


Final de ano é tempo de renovação, transformação. Tempo de deixar o velho ir embora e abraçar o novo. Tempo de voltar para dentro e repensar o que foi feito e o que será feito daqui para frente. Tempo de praticarmos o nosso Sankalpa. A nossa mais profunda intenção. A nossa resolução para o ano que se iniciará em breve. Abra seu coração e permita-se uma auto análise. E acredite! Acredite em você, acredite no Universo, acredite e vivencie o seu Dharma. Que em 2010 todos vocês leitores queridos, encontrem somente a paz e a harmonia interior.

Om Shanti, Shanti, Shanti!

Abaixo um lindo texto sobre o significado de Sankalpa.
Esse texto foi originalmente publicado no site yoga.pro.br



SANKALPA: COLOCANDO EM PRÁTICA SEU DHARMA PESSOAL
Por Pedro Kupfer


Sankalpa
significa resolução. É uma frase curta, concisa, clara e altamente evocativa. Tem o objetivo de potencializar algum aspecto positivo da personalidade, em nível subconsciente.

O sankalpa penetra no subconsciente, fortalecendo a estrutura da mente e despertando as forças latentes que facilitarão a realização dos nossos objetivos. Consiste em ativar as qualidades positivas que existem dentro de todos nós, mas que permanecem bloqueadas no subconsciente. Isso dará uma direção mais adequada à nossa existência.

É preciso fazer um auto-exame para identificar nossa principal carência e evocar vividamente aquilo que queremos atualizar e melhorar. Embora o sankalpa se faça mentalmente, ele começa no coração.

É uma frase curta, mas carregada de significados. Deve manter-se por dez a quinze sessões sucessivas de meditação ou de yoganidrá, e repetir-se pelo menos três vezes ao iniciar e três ao finalizar a prática. Devem ser poucas palavras, e sempre as mesmas, para fixá-las no pensamento: uma frase curta, do gênero "desperto a minha kundaliní", ou "lembro sempre que precisar". Deve ser positivo por exemplo, "estou saudável" ao invés de "não estou doente". Deve conjugar-se sempre no presente. Se você pensar no futuro, nunca vai conseguir o seu sankalpa, porque a mente subconsciente só entende o presente.

Como você deve estabelecer o seu sankalpa em função da sua necessidade, é preciso em primeiro lugar ver qual é essa necessidade. Para ter isso claro, nada melhor do que uma boa auto-análise, profunda e sincera, que sirva para identificar os aspectos mais marcantes da própria personalidade e detectar os erros mais graves cometidos nos últimos tempos. Feito isso, o sankalpa se estabelece com base nas atitudes opostas àquelas que se precisa eliminar. O sankalpa pode trabalhar nos níveis físico, vital, emocional ou mental, dependendo da sua necessidade.

Alguns exemplos de sankalpa:

1. "confio em mim";
2. "harmonia física e mental";
3. "o sucesso me acompanha em todos os empreendimentos";
4. "desenvolvo o meu potencial espiritual".

Repita o sankalpa com vontade, , sentimento pleno e consciência.

No final do dia, é bom olhar para o dia que passou para refletir sobre seus desafios. Cada erro é uma lição, cada conquista um aprofundamento do entendimento.

3 comentários:

Cris Tarcia disse...

Olá Fernanda!

Adorei seu cantinho, é cheio de boas energias, adoro a India e tudo que eleva a alma. Estou seguindo

Um Feliz Natal e um Ano Novo Abençoado

Mãos em Prece

WandaRecker disse...

Olá Fernanda,
Há poucos dias conheci o seu cantinho e estou deixando me impregnar dos bons fluidos, das boas energias. Nunca é tarde para resgatar o nosso caminho espiritual e muitas vezes para esse resgate acontecer é preciso se passar por um aprendizado nem sempre fácil. Dia 14/01 marcou meu renascimento. Passei o segundo semestre de 2009 com a possibilidade de um câncer
no peritônio. Me operei em dezembro e finalmente em janeiro veio a notícias que não era câncer. Renasci e agora todos os dias celebro a vida. Namastê!

Fernanda R. Lima disse...

Olá Wanda,

Que presente que vc ganhou da vida não é?

Seja muito bem vinda e que vc continue celebrando a vida por muito tempo!

Namastê!
Fernanda