sábado, 28 de fevereiro de 2009

Bollywood Dream

Achei muito interessante esse filme/documentário, em que três brasileiras vão tentar a sorte na Índia.
A produção foi feita por indianos e o filme foi rodado em Mumbai, Chennai e Varanasi.
Saiu até nos jornais de lá.



Estréia por aqui no segundo semestre.
Para mais informações clique aqui.



Abaixo a sinopse do filme:


Três atrizes brasileiras decidem ir à India atrás de um produtor de filmes bollywoodianos que conheceram no Brasil. Abandonam filhos, maridos e pais, e uma vez lá, descobrem que este produtor é uma farsa e que foram parar no sul da Índia, e não em Bombay, onde funciona a indústria cinematográfica bollywoodiana.


Sem nunca perder o bom humor, elas cantam música brasileira em bares, trabalham em um hospital comunitário, ao mesmo tempo em que se preparam para o teste do filme tendo aulas de danças com um menino de onze anos e de interpretação com uma velha atriz para treinar o sotaque e os trejeitos da atuação Indiana. Aos poucos, as pessoas com quem vão convivendo trazem para suas vidas a presença da mitologia local junto com novos questionamentos de suas existências, comuns na filosofia de vida milenar daquela cultura, e que vêm desaparecendo com a ocidentalização do país.


Tentando chegar a Bombay, confusas e desorganizadas, perdem trens e acabam chegando em Varanasi, onde se deparam cara a cara com morte. Este movimento externo, entre cidades arqueológicas vivas e alta tecnologia contemporânea, permeia seus movimentos internos: as experiências em cada lugar em que se encontram por acaso, as fazem se aproximar cada vez mais de si mesmas.


Chegando a Bombay, prestes à grande audição, seus sonhos mudaram, suas vidas se transformaram, em meio ao Holi, o festival das cores, em que a população local joga tintas em pó uma nas outras para celebrar a vida, percebem que pertencem e são responsáveis por outro lugar, que carregam consigo e em que nasceram. Coloridas com os pós borrados pela chuva, despedem-se dançando uma última vez juntas antes de se separarem para irem atrás de novos sonhos.

2 comentários:

Gustavo Cunha disse...

Om! Espero pela chegada do filme a Portugal.

Entretando vou revendo a triologia do Matrix.

Fernanda, gostaria de te pedir permissão para usar alguns dos teus textos no meu blog.

Claro que referindo sempre a autoria e um link para o original no teu blog.

Fica à vontade para recusar. De qualquer forma, aprecio muito os teus textos.

Que Brahman proteja o professor.


Um abraço do Gus

Fernanda R. Lima disse...

Oi Gus!

Claro que pode usar meus textos em seu blog ;-)

Fique a vontade! Para mim será um prazer.

Estou aguardando o Dr. Ruguê voltar da Índia para poder te dar mais informações ok?

Om Shanti!

Fe