quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Mensagem do dia

A Alma do homem que chegou ao conhecimento do Eu Real em si mesmo permanece quieta e calma, contente e meiga, não se alterando pelo frio nem pelo calor, nem por sofrimento nem por prazer, nem por aquilo que o mundo chama honra ou desonra.


O sábio Yogi contenta-se com a ciência e com o conhecimento da Humanidade Divina; ele dá igual apreço a um pedaço de barro como ao ouro ou a uma pedra preciosa.


É afável para com todos, com igual amor e fraternidade a todos trata, sejam amigos ou inimigos, parentes ou não, compatriotas ou estrangeiros, santos ou pecadores, bons ou maus.


O yogi senta-se num lugar isolado e entrega-se à meditação e a profundos pensamentos. Dominando a mente e o corpo pelo Eu Real, é livre de opiniões e de expectativas egoístas.


Senta-se num lugar limpo, nem demasiado alto, nem demasiado baixo; cinge-se com um pano ou com o couro de antílope preto, e repousa sobre verbenas. (1)

(1) O antílope é o símbolo da delicadeza do sentimento; a verbena é o símbolo da firmeza.
O yogi deve ser firme e mas com delicadeza nos sentimentos.

~Bhagavad Gita

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Diwali

Na minha aula de yoga hoje, o meu professor Pedro Franco falou sobre o festival Diwali, o festival das luzes na Índia que acontece agora em outubro.

Pude aprender um pouquinho mais sobre essa comemoração.
É linda, todos acendem velas e as cidades ficam inteiras iluminadas.
Abaixo, um texto contando um pouco mais...



Festivais são no mundo inteiro ocasiões de alegria e celebração. Por toda parte do globo, toda nação, cultura e religião têm seus próprios festivais. Todos os anos, nas noites escuras de lua nova do mês de outubro ou novembro, os estouros dos fogos de artifício anunciam a celebração do mais importante festival dos indianos, o Diwali - a festa da luzes. As casas estão enfeitadas e doces, roupas novas e presentes são distribuídos. Milhares de lamparinas de barro iluminam as sacadas, escadas e muros das janelas criando um mundo de fantasia. De todos os festivais celebrados na Índia, o Diwali, é sem dúvida o mais fascinante. Entusiasticamente desfrutado por pessoas de todas as religiões, seu mágico e brilhante toque, cria uma atmosfera de fascínio e festividade. A celebração do Diwali na Índia é semelhante ao Natal no ocidente e tem, muitas lendas associadas, das quais as mais importantes são as seguintes:


- Neste dia a Deusa Lakshmi, que emergiu do oceano de leite trazendo consigo a riqueza e a prosperidade para os humanos, é homenageada. As pessoas acreditam que Lakshmi, a Deusa da prosperidade e da felicidade, visita casas durante a noite. Por isso, a adoração de Lakshmi é comemorada à noite, e as ruas e as casas são iluminadas para dar boas vindas a ela;

- O Diwali simboliza a vitória do bem sobre o mal representada na mitologia indiana pela figura do Deus Rama e do demônio Ravana;


- Nas áreas rurais, o Diwali significa Festival da Colheita que acontece ao término da safra do arroz. Como toda colheita conduz à prosperidade, os fazendeiros celebram com alegria e veneram Deus por lhes conceder uma boa safra.

A ocasião festiva também marca o começo do ano novo hindu. O Deus Ganesha removedor de obstáculos, símbolo de auspiciocidade e sabedoria, também adorado neste dia.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Lord Ganesha


Durante a minha viagem pela Índia, eu pude perceber o quanto o Deus Ganesha é adorado. Em todas as paredes e portas, lá está esse Deus elefante tão conhecido. Como ele é o meu preferido, não resisti e tirei várias fotos. Deixo aqui algumas das que eu mais gosto.
Jaya Ganesha!









Pink, blue, purple, green...


Estou numa fase de escolher objetos e motivos de decoração para a minha nova casa.
Claro que as cores marcantes estarão mais do que presentes!! As cores alegram a minha vida...



Foi buscando referências de decoração que achei esse delicioso e lindo blog chamado Rang Decor . Várias idéias de como decorar a sua casa no estilo indiano, mas com bom gosto e modernidade. Dê uma olhada!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Sa Dingding


Sa Dingding, é uma cantora e produtora da Mongólia, mas vem conquistando o mundo. Com uma voz poderosa ela canta em diversas línguas como o mandarin, sânscrito e tibetano, numa mistura de instrumentos chineses, batidas de drum bass e sons tradicionais da China e Mongólia.




O clipe tem belas imagens e a cantora abusa de roupas étnicas com estampas de Buda.

Ela descreve seu trabalho como uma fusão de gêneros e culturas, uma fusão do Ocidente com o Oriente. Vale a pena conhecer o trabalho dessa linda artista.

Ps: Obrigada mamis!

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Chai Pilgrims


namaste!



Marido e Mulher
Casal criativo
Viajantes do mundo
India e Nepal
Um terapeuta ayurvedico
Outro, ilustrador
E juntos eles formam o
Clica aí!


Kalyani Ganapathy

Kalyani Ganapathy é uma artista e ilustradora indiana de Bangalore.
E possui um lindo trabalho, dêem uma olhada!




domingo, 12 de outubro de 2008

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Pensamento do dia

A FALA PERTENCE AO TEMPO; O SILÊNCIO À ETERNIDADE
~
Thomas Carlyle

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Documentário - História da Índia

Estava na Fnac esse fim de semana, e no meio das revistas descubro um documentário sobre a Índia. Comprei na hora!


A História da Índia de Michael Wood é uma série magnífica com o selo de qualidade da BBC.
Além das informações preciosas sobre o subcontinente indiano, o historiador inglês Michael Wood consegue nos mostrar as razões culturais pelas quais a Índia sempre fascinou o Ocidente. É um passeio inesquecível pela milenar cultura indiana.

Em agosto desse ano, a revista Vida Simples lançou o documentário por aqui. É uma série em dois volumes que mostra todos os aspectos do país, desde a pré-história, passando pela cultura e religião, até sua independência.


Confira o conteúdo de cada edição:


História da Índia 1

• Da pré-história à civilização: A Índia ancestral e suas paisagens, ruínas e cidades antigas com pistas arqueológicas que iluminam o passado do país

• Espiritualidade no dia-a-dia: As principais religiões da Índia, do Hinduísmo ao Budismo, em uma viagem que segue os passos de Buda, com depoimentos de Dalai Lama

• Rota das especiarias e da seda: Um passeio pelos cheiros, cores e aromas que atraíram comerciantes do Império Romano e do mundo, e a rota da seda, outra riqueza da Índia



História da Índia 2

• Época de ouro das artes: Literatura, artes e ciência indiana, do surgimento do primeiro manual do sexo, o Kama Sutra, ao hábito da peregrinação a lugares sagrados

• Sincretismo religioso: A diversidade cultural e religiosa da Índia e a influência dos costumes, crenças e arquitetura muçulmana no país

• Da dominação à independência: A colonização inglesa na Índia e a história de Gandhi, cujos princípios de não-violência levaram à independência do país em 1947


Vale a pena conferir esse banho de cultura!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Tratamentos de Beleza Ayurvedicos

Como em qualquer outra medicina holística, na Ayurveda a beleza e a saúde acontecem de dentro para fora. Precisamos nos nutrir de bons hábitos e rituais, assim nos tornamos mais saudáveis e integrados com o nosso corpo, mente, espírito e emoções.

A Ayurveda diz que beleza é um produto dessas quatro dimensões e dá muita importancia para o auto-conhecimento, rotinas e hábitos saudáveis. O segredo da juventude e beleza está na correta circulação dos tecidos (dhatus) e na eliminação diária de toxinas.



Lepa Facial



Nada é melhor para o corpo do que uma boa rotina de cuidados, como por exemplo a massagem. Na tradição da Ayurveda, a massagem é considerada essencial para a manutenção da saúde e beleza, assim como uma correta dieta e estilo de vida.

A massagem Upper Body, feita dos ombros para cima, ativa os centros de energia (Marmas) no cérebro e melhora toda a circulação do corpo. A tensão no pescoço, ombros e face é liberada e a energia é equilibrada novamente dos pés à cabeça. Extratos de ervas e óleos medicados são usados, pelas suas propriedades curativas e aromas prazerosos. Lepas faciais (máscaras) são feitas com essas mesmas ervas para a tonificação e purificação dos tecidos na face.

Para quem sofre de agitação mental, ansiedade e insônia (distúrbios Vata), esse tratamento é extremamente importante.

Não deixem de conhecer esse e vários outros tratamentos de pura beleza!

Para os interessados cliquem aqui.

Namastê!